Vis Attractiva

Exposição de Antonio Fiorentino

Quando: 
7 de Julho de 2017 a 9 de Setembro de 2017
Onde: 

Museu Nacional de História Natural e da Ciência

Vis Attractiva é a primeira exposição individual de Antonio Fiorentino em Portugal. Foi concebida especificamente para o Museu Nacional de História Natural e da Ciência, onde é apresentada de 6 de julho a 9 de setembro.

A pesquisa que Antonio Fiorentino está a desenvolver nos últimos anos vai no sentido de uma intervenção mínima no que concerne à materialização da sua obra. É como se o artista quisesse trazer a arte de volta à natureza, encontrar valor nas coisas que já existem, limitadas a isolá-las e, em certo sentido, a enquadrá-las. O interesse de Antonio Fiorentino são as situações de transformação, os processos naturais que criam forma e visões através de mudanças.

A exposição Vis Attractiva está em diálogo com a coleção do MUHNAC e representa o poder magnético que mantém todas as coisas, humanas e naturais numa série de analogias.

A partir de um fascínio com elementos em transformação, de luzes a sombras, Antonio Fiorentino analisa a relação entre arte e natureza, ciência e magia, focalizando sua atenção em fenómenos magnéticos. De acordo com Athanasius Kircher (filósofo, historiador e museólogo alemão do século XVII) tudo é ligado por correntes magnéticas que unem as várias partes do cosmos, isto é, elementos animais, vegetais e minerais (Ars Magnésia).

Sobre o artista:
Antonio Fiorentino (Barletta * 1987) recebeu vários prémios de artista emergente, entre os quais o Prémio Talento 2015. O trabalho do Fiorentino foi exibido em várias instituições, incluindo: Instituto Suíço ROME, ISCP Nova Iorque; Galeria Nacional, Roma; HIAP Programa Internacional de Artistas de Helsínquia; Centro de Arte Contemporânea Villa Arson, Nice; Kust Meran; Academia Americana em Roma; Fondazione Sandretto Re Rebaudengo, Turim; Fondazione Antonio Ratti, Como.

 

Inauguração dia 6 de julho, às 19h00.

Exposição de Arte e Ciência