Welwitschia mirabilis

Objeto do mês de fevereiro 2022

Exemplar de Welwitschia mirabilis na exposição Specere do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Universidade de Lisboa. Foto © Palmira Carvalho

O ornitorrinco do mundo das plantas (Charles Darwin)

O tumbo ou n'tumbo, nome comum da Welwitschia mirabilis, foi descoberto para a ciência a 3 de setembro de 1859, pelo botânico austríaco Friedrich Welwitsch, no deserto do Namibe. Inicialmente denominada Tumboa bainesii, o seu nome foi mais tarde alterado para homenagear o seu descobridor. 

Esta planta é originária da Namíbia e do Sul de Angola, desenvolvendo-se na faixa costeira do deserto do Namibe, ao longo de mais de 1000 km, em locais onde a pluviosidade não excede os 10 mm/ano e a temperatura pode variar entre os 10ºC e os 60ºC.

A welwitschia é reconhecível pelas suas duas longas folhas de crescimento contínuo que persistem durante toda a sua existência. As duas folhas nascem, em arco, de um caule curto e lenhoso, sem ápice vegetativo; a sua nervação é paralelinérvea (as nervuras principais são paralelas entre si ao longo da folha) e, por ação do vento, rasgam-se em longas fitas. O caule é um cone invertido que não excede os 45 cm de altura e o seu diâmetro pode alcançar 1,5 m.

É junto à base das folhas que se diferenciam os órgãos reprodutores, em forma de pinhas.

Welwitschia mirabilis, por ser uma planta tão diferente de todas as espécies conhecidas, foi colocada na família Welwitschiaceae, onde ainda hoje se inclui como espécie única.

O objeto do mês encontra-se exposto na Exposição SPECERE (Piso 1).


ENGLISH VERSION

The platypus of the plant world (Charles Darwin)

The tumbo or n’tumbo, common name of Welwitschia mirabilis, was discovered for science to September 3, 1859, by Austrian botanist Friedrich Welwitsch, in the Namib Desert. Initially called Tumboa bainesii, its name was later changed to honor its discoverer

This plant is originally from Namibia and southern Angola, developing the coastal strip of the Namib Desert along more than 1000 km in places where rainfall does not exceed 10 mm / year and the temperature can vary between 10º e os 60ºC.

Welwitschia is recognizable by its two long sheets of continuous growth that persist throughout their existence. The two sheets are born, in an arc, a short, woody stem, without vegetative apex; their venation is paralelinérvea (the main ribs are parallel along the leaf), and wind action, ripping into long ribbons. The stem is an inverted cone which does not exceed 45 cm and its diameter may reach 1,5 m. It is at the base of the sheets differ reproductive organs in the shape of cones.

Welwitschia mirabilis, being so different from all known plant species, was placed in Welwitschiaceae family, which today includes as one species. 

The object of the month is on display at the Exhibition SPECERE (1st floor).

 

PROGRAMA ALARGADO

5 fevereiro | 11h00  - Aniversário de Welwitsch
Frederico e a Planta Maravilhosa
Interpretação a partir da leitura do livro infantil de Sara Albuquerque e de Ricardo Roque, após visita ao objeto do mês, em homenagem a Friedrich Welwitsch e à famosa tumboa ou Welwitschia. Para crianças dos 6 aos 12 anos.

Mais informações aqui
 

17 fevereiro | 15h00 
Visita orientada ao Herbário LISU
Welwitschia, o ornitorinco do mundo das plantas

Mais informações aqui


20 fevereiro | 11h00 

Frederico e a Planta Maravilhosa
Interpretação a partir da leitura do livro infantil de Sara Albuquerque e de Ricardo Roque, após visita ao objeto do mês, em homenagem a Friedrich Welwitsch e à famosa tumboa ou Welwitschia. Para crianças dos 6 aos 12 anos.

Mais informações aqui.