1500 refeições de leguminosas serão servidas na Universidade de Lisboa para celebrar o Ano Internacional das Leguminosas

No dia Mundial da Saúde, 7 de abril, decorre uma ação de sensibilização no Refeitório I que visa promover uma alimentação saudável e sustentável.

 

 

 

Apesar das suas inúmeras propriedades nutricionais e benefícios para a saúde, tem-se registado um decréscimo gradual no consumo mundial de leguminosas secas. Estas tendências refletem, por um lado, as mudanças nos hábitos alimentares, mas também o facto de a produção não conseguir acompanhar o aumento populacional em algumas regiões e países. O presente ano foi proclamado o Ano Internacional das Leguminosas pela Assembleia Geral das Nações Unidas, e um dos seus objetivos é incentivar o consumo deste conjunto de alimentos, promovendo a sua riqueza nutricional e importância para uma alimentação saudável e sustentável.

No Dia Mundial da Saúde – 7 de abril de 2016 – as leguminosas secas serão amplamente divulgadas numa ação de sensibilização junto da comunidade universitária, a ter lugar no Refeitório I da Universidade de Lisboa. No período entre as 12h00 e as 15h00, os estudantes poderão optar por uma refeição de feijão preto com bifinhos de peru ou, na secção macrobiótica, por lentilhas e um hambúrguer de legumes. Estas refeições serão servidas com a ajuda da atriz Anabela Teixeira, entusiasta da alimentação biológica, questões ecológicas e sustentáveis e hábitos de consumo responsável.

“O objetivo desta ação é sensibilizar a comunidade para os benefícios nutricionais das leguminosas para a saúde e incentivar os cidadãos a fazer escolhas alimentares mais conscientes”, refere Hélder Muteia, representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) em Portugal e junto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), umas das organizações parceiras da iniciativa.

Para além do Dr. Hélder Muteia e da atriz Anabela Teixeira, estarão presentes na ação um representante do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, da Direção-Geral da Saúde e o Professor Doutor José Sousa Dias, Diretor do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa (MUHNAC-UL).

Esta ação é organizada pela parceria estabelecida entre o Escritório da FAO em Portugal e junto da CPLP, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa e o Comité UNESCO Matemática do Planeta Terra, para a celebração do Ano Internacional das Leguminosas em Portugal.