MUHNAC integra projeto BIG PICNIC que envolve doze países europeus e o Uganda

Consórcio internacional com o objetivo de transformar Jardins Botânicos de toda a Europa e do Uganda em centros de reflexão e diálogo sobre o futuro da segurança alimentar.

Museu de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa integra consórcio internacional do projeto BIG PICNIC, cujo objetivo é transformar Jardins Botânicos de toda a Europa e do Uganda em centros de reflexão e diálogo sobre o futuro da segurança alimentar.

O projeto pretende juntar cidadãos, políticos, empresários e cientistas para trocarem ideias sobre a segurança alimentar, um dos maiores desafios que a humanidade enfrenta já que se prevê um aumento de 7 mil milhões de pessoas existentes atualmente para 9 mil milhões de pessoas em 2050.

O consórcio, coordenado pela associação Botanic Gardens Conservation International (BGCI), com sede em Londres, conta com parceiros de doze países europeus e do Uganda que incluem jardins botânicos, universidades, uma Oficina de Ciência (Science Shop), um instituto de arte, ciência e tecnologia e uma Organização não-governamental (ONG).

Com uma série de atividades previstas a realizar em conjunto com quinze exposições itinerantes e noventa Cafés de Ciência, o grande objetivo é centralizar nos jardins botânicos a troca de opiniões sobre o futuro da alimentação da humanidade e recolher junto do público e dos vários intervenientes da sociedade civil opiniões sobre o assunto. Estas opiniões devem posteriormente ser entregues em relatórios a políticos, para que desta forma a opinião pública informada se faça “ouvir” na altura de serem tomadas decisões em relação a assuntos relativos à segurança alimentar local, regional e global.

Este é um dos princípios que a União Europeia vem defendendo, sendo por isso uma ação chave no programa Horizonte 2020 – a Investigação e Inovação Responsáveis – que compreende ter em conta as necessidades do público relativamente à investigação e inovação para que sejam incluídas no desenvolvimento de atividades futuras.

Neste sentido, o BIG PICNIC vai dar um importante exemplo de como pôr esta nova abordagem em prática e irá participar no UE RRI Toolkit, a plataforma colaborativa online que apresentará as melhores práticas RRI.

Ao longo dos três anos do projeto, os parceiros esperam atingir 8 mil pessoas com atividades de interação pessoal sobre segurança alimentar e cerca de 300 mil pessoas através das novas tecnologias e dos meios de comunicação social.