Professor Galopim de Carvalho distinguido com Medalhão da Vila de Sesimbra

No âmbito da celebração dos 25 anos dos três Monumentos Naturais do concelho de Sesimbra

Professor Galopim de Carvalho e Miguel Telles Antunes, na cerimónia de atribuição do Medalhão da Vila de Sesimbra pela Câmara Municipal de Sesimbra

Professor António Galopim de Carvalho foi distinguido com o Medalhão da Vila de Sesimbra por Francisco Jesus, Presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, em reconhecimento pelo contributo para a classificação, como monumento natural, das jazidas com vestígios de pegadas de dinossauros da Pedra da Mua e Lagosteiros, no Cabo Espichel, e da Pedreira do Avelino, no Zambujal.

A par com o Professor Galopim de Carvalho foram igualmente reconhecidos com a mesma distinção os investigadores Miguel Telles Antunes, jubilado da Universidade Nova de Lisboa e, a título póstumo, Luís Saldanha, da Universidade de Lisboa, representado pelo filho.

A cerimónia decorreu no dia 7 de maio de 2022, na igreja do magnífico Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, no âmbito da celebração dos 25 anos dos três Monumentos Naturais do concelho de Sesimbra (Pedra de Mua, Avelino e Lagosteiros).

«É um prazer termos hoje aqui a comunidade científica neste dia, que também é de homenagem a três investigadores, a quem agradecemos profundamente pelos contributos fundamentais para a classificação das jazidas de dinossauros do Cabo Espichel e do Zambujal. Eles foram os elos de uma corrente que tornou possível esta classificação, e que nos permitiu estarmos hoje a assinalar esta data», afirmou o presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, citado no website da instituição.

Na cerimónia marcaram também presença Marta Lourenço, Diretora do Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa, e Judite Alves, Subdiretora.

 

Mais informação na notícia do website da CM Sesimbra - Sesimbra distingue Luiz Saldanha, Miguel Telles e Galopim de Carvalho