Seminário de Cultura Material da Ciência

Set
26
Set/26 17:00 - Set/26 18:00
Em direto no YouTube do MUHNAC

Fabulosas pinturas projetadas com lanternas mágicas: onde estão e como se preservam?

Quando: 
Segunda, 26 Setembro, 2022 - 17:00 a 18:00
Onde: 
Em direto no YouTube do MUHNAC
Seminário de Cultura Material da Ciência, com Ângela Santos, Beatriz Rodrigues, Vanessa Otero e Márcia Vilarigues | Faculdade de Ciências e Tecnologia - Universidade Nova de Lisboa

Moderação: Marta Lourenço | Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Universidade de Lisboa


 
Sinopse

A lanterna mágica foi o primeiro instrumento comum para a projeção de imagens em movimento aliadas a sons e música, usadas em todo o mundo. MAGICA será o primeiro estudo sistemático e abrangente da relação entre facetas tangíveis e intangíveis da arte de pintar diapositivos de vidro para projeção por lanternas mágicas e o seu uso em academias de ciências e espaços de entretenimento em Portugal.

Este projeto parte de um conjunto de repositórios de imagens para lanternas mágicas, preservados em várias coleções em Portugal, e tem como objetivo ensaiar métodos de preservação dessas imagens e tentar perceber de que forma elas se relacionam com a vida académica e cultural (com especial foco nas artes do espetáculo) do país durante o século XIX.

Com uma equipa interdisciplinar de cientistas da conservação, musicólogos, conservadores, curadores, arqueólogos dos media, teatrólogos e artistas, o projeto MAGICA terá um impacto incontornável na preservação, interpretação, reabilitação e valorização deste precioso património bem como de um conjunto de outros que lhe estão associados tais como textos teatrais, partituras e registos iconográficos.

Conheça melhor o projeto aqui.
 

Notas biográficas

Márcia Vilarigues é Professora Auxiliar c/ Agregação e Presidente do Departamento de Conservação e Restauro da FCT NOVA. É também Diretora da unidade de investigação VICARTE (Vidro e Cerâmica para as Artes), integrando 36 membros (16 estudantes de doutoramento), entre artistas, historiadores, arqueólogos, conservadores, químicos e cientistas de materiais. Trabalha em conservação e restauro do património cultural na área da história e técnicas de produção artística e degradação de materiais. A sua motivação para a investigação é preservar a nossa história cultural material e enriquecer o conhecimento do nosso passado compartilhado por meio da história dos objetos.

Ângela Santos é doutoranda no Departamento de Conservação e Restauro e na unidade de investigação VICARTE da FCT NOVA. É licenciada e mestre em Conservação e Restauro com especialização em vidro e materiais de pintura em vidro (nomeadamente a tinta sanguínea). A sua investigação tem-se centrado na caracterização analítica dos materiais, na sua preservação e no estudo da história e das técnicas de produção artística, em particular, do vidro pintado, incluindo vitrais e, mais recentemente, diapositivos de vidro de lanterna mágica pintados à mão.

Vanessa Otero é investigadora no Departamento de Conservação e Restauro e nas unidades de investigação LAQV-REQUIMTE e VICARTE da FCT NOVA. A sua investigação ultrapassa as fronteiras disciplinares da história e técnicas de produção artística e das ciências da conservação, com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre os materiais para artista, combinando o estudo da sua produção histórica, estabilidade cromática e caracterização analítica, contribuindo para melhores estratégias de conservação e autenticação.
 

 
Assista em direto no YouTube do MUNHAC.
 
 
Conheça a Programação do MUHNAC aqui
 
 
EM PARCERIA COM