Aguarelas, manuscritos e gravuras do MUHNAC em exposição no Museu do Oriente

Aguarelas, manuscritos e gravuras de D. Pedro V e D. Luís

Um valioso conjunto de aguarelas, manuscritos e gravuras D. Pedro V (1837-1861) e D. Luís (1838-1889) que integram a coleção de desenhos do MUHNAC vão estar, a partir de amanhã em exposição no Museu do Oriente, em Lisboa.

A exposição ‘A Arte da Falcoaria de Oriente a Ocidente’, que inaugura no dia 19 de novembro (Dia Internacional da Falcoaria), traça o percurso histórico desta prática desde as suas origens no continente asiático, acompanhando a sua expansão por toda a Europa, até à atualidade. A arte do treino e caça com falcões é apresentada em seis núcleos, integrando 180 objetos e obras de arte, alguns dos quais nunca antes expostos ao público.

O valioso conjunto de aguarelas, manuscritos e gravuras de D. Pedro V (1837-1861) e D. Luís (1838-1889) que integram a coleção de desenhos do MUHNAC são expostos ao público pela primeira vez. Amantes e estudiosos dedicados de ornitologia, ambos os Infantes, ainda adolescentes, mantiveram no palácio das Necessidades, entre 1848 e 1861, um Museu de História Natural no qual as aves, em particular as de rapina, ocupavam um lugar central.
A exposição estará patente ao público até 6 de março de 2016.

Não perca a oportunidade de conhecer este valioso espólio, da autoria dos nossos antigos monarcas.

Mais informações sobre a exposição aqui.