ZX Spectrum. Terá Portugal liderado um Império Tecnológico?

Abr
21
Abr/21 18:45 - Abr/21 19:45
Sala Vandelli | Museu Nacional de História Natural e da Ciência

60 Minutos de Ciência com João Diogo Ramos

Quando: 
Quinta, 21 Abril, 2016 - 18:45 a 19:45
Onde: 
Sala Vandelli | Museu Nacional de História Natural e da Ciência

ZX Spectrum. Terá Portugal liderado um Império Tecnológico?

Terminavam os anos 70 e começava a década de 80 e uma revolução tecnológica estava a iniciar-se muito influenciada e até liderada pela empresa Sinclair e os seus computadores (ZX80, ZX81 e ZX82/Spectrum). Pela primeira vez um micro-computador pessoal surgia abaixo da barreira das 100 £ em Inglaterra, permitindo que mais pessoas se começassem a interessar pelas possibilidades da micro-informática. O que começou como um projeto pensado para hobbistas, acabou por vir a revolucionar os lares e os jovens de então pela dinâmica que se criou na área dos jogos de que se podia usufruir com estes equipamentos. Apesar disso, a nostalgia de quem viveu intensamente esta época, está até mais associada à aprendizagem que estes equipamentos permitiam e que fizeram com que muitos jovens sejam hoje programadores ou engenheiros informáticos... João Diogo é apenas mais um dos jovens que nasceu nesta época. Um jovem que se considera da Geração Spectrum e que decidiu canalizar a sua paixão para este tema, investindo tempo e dinheiro na aquisição e estudo do maior número possível de equipamentos da família que vulgarmente se chama de Spectrum (e antecessores e sucessores). 

Mas para Portugal estava reservado um papel ativo em toda esta história... No início dos anos 80 foi estabelecida uma parceria entre a empresa Sinclair e a Americana Timex. No âmbito dessa parceria, a Timex começou por participar na construção e posteriormente na adaptação e venda dos micro-computadores para outros mercados como por exemplo o Americano. Portugal, onde existia um núcleo de desenvolvimento e produção da Timex, viria a ter um papel crucial em toda esta revolução mesmo após a casa mãe Americana se desinteressar do mercado de micro-computadores. Encontramos hoje computadores e outros equipamentos que foram idealizados e produzidos em Portugal e comercializados em diversos mercados Internacionais.

O convite que lhe fazemos é que, qual Marty McFly, embarque connosco numa breve viagem no tempo já ali à década de 80, e discuta connosco o quão importante foi tudo isto para as gerações de então e para o Mundo em que vivemos hoje. Será uma viagem maioritariamente visual, com recurso a componentes audiovisuais e exposição de objetos de coleção da época. 

João Diogo Ramos - COLLECTORS BRIDGE

João Diogo Ramos, 37 anos, natural de Cantanhede, formado em Engenharia Informática pela Universidade de Coimbra, começou o seu percurso numa empresa de Comércio Electrónica ligado à Salvador Caetano e juntou-se posteriormente ao Grupo Critical Software onde está há 14 anos. Desde 2012 desempenha o papel de Diretor Executivo de uma das empresas do grupo chamada Retmarker focada em soluções de software para Oftalmologia. 

João Diogo Ramos é uma pessoa comunicadora, extrovertida e resiliente por natureza, características que o têm motivado a estar envolvido em diversos projetos de empreendedorismo e startups. 

É ainda um apaixonado por restauros de objetos antigos que tenham significado emocional ou histórico. Encara cada projeto como um oportunidade de aprendizagem numa incessante busca por conhecimento. 

Colecionador de computadores ZX Spectrums dos anos 80, foca-se principalmente nos modelos Ingleses e clones Portugueses, Americanos, Espanhóis, Brasileiros e Argentinos. Mais do que colecionador, vê-se como historiador ou seja, alguém que quer estudar e preservar estes pedaços de história que colocaram tantos miúdos e graúdos a sonhar, reconstruindo a história a partir da análise dos objetos. 

Para alcançar este fim é útil arranjar formas digitais de partilhar a paixão e o conhecimento dos colecionadores, pelo que juntando o colecionismo às startups tecnológicas, lançou em 2014 uma empresa que concebe e gere a plataforma Collectors Bridge, o local de eleição para colecionadores de todo o Mundo.

Vídeo - 1ª parte
Vídeo - 2ª parte
Vídeo - 3ª parte

 

Ciclo de conversas "60 Minutos de Ciência"
Num formato informal e descontraído, 60 minutos de Ciência pretende ser um fórum de discussão entre especialistas e cidadãos sobre temas atuais de Ciência. Com lugar na Sala Vandelli do MUHNAC, este programa decorrerá nas terceiras quintas feiras de cada mês, pelas 18h45.